11.3.10

Chances de convocação de Grafite aumentam

    Foram 25 minutos, um toque de letra e um gol do Brasil. Três motivos que alimentaram a esperança de Grafite de disputar uma Copa do Mundo. O atacante do Wolfsburg, da Alemanha, foi chamado às pressas por Dunga para o último amistoso antes do Mundial, contra a Irlanda, no início deste mês. A boa atuação e as pisadas na bola de Adriano aumentaram as chances do que era quase impossível acontecer.


Mas Grafite prefere seguir com os pés no chão sobre as chances de ir à África do Sul. “Eu sei que é difícil. O Dunga tem um grupo fechado. São quatro vagas para a minha função, mas a disputa é complicada”, diz o atacante, que, contudo, já se considera no lucro: “Eu estava com certeza que não ia. Agora, se abriu uma pequena brecha”.

Há quatro anos no futebol europeu, o ex-são paulino pode até não estar na lista final de Dunga, mas segue à risca a cartilha do técnico. E, para exemplificar seu espírito de grupo — que Dunga tanto preza —, defende até seu concorrente direto por uma vaga na seleção. Para ele, tudo que se diz sobre Adriano ganha repercussão exagerada: “Durante o pouco tempo que convivemos na seleção, ele se mostrou uma pessoa tranqüila, sossegada, um cara de grupo. E a qualidade dele nem se discute”.

Um comentário:

  1. Aii juan essa matéria é 10 eu torço pelo Grafiti na copa

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão: