9.7.10

Barça libera Keirrison para o Santos


   Demorou, mas o Santos acertou, definitivamente, a contratação por empréstimo do atacante Keirrison. O jogador, que pertence ao Barcelona (Espanha), ainda tinha mais uma temporada de empréstimo a Fiorentina (Itália). Só que o clube italiano assinou nesta sexta-feira a liberação do centroavante e, desta forma, K-9 e o seu empresário, Marcos Malaquias, não precisarão viajar até Florença para resolver a situação.

   O acordo entre santistas e catalães já havia sido selado nesta quinta, porém, restava a liberação oficial da Fiorentina. Como os italianos cumpriram o que havia sido combinado anteriormente e não colocaram obstáculos para a liberação de Keirrison, o Barça já assinou o contrato de empréstimo e o atleta será emprestado ao Peixe até julho do ano que vem.

   Segundo a imprensa espanhola, para finalizar a contratação do atacante, o Alvinegro Praiano deu prioridade ao Barcelona por alguns de seus principais jogadores. Dentre eles, o jovem Neymar, de apenas 18 anos, que já tem despertado o interesse do futebol europeu. O West Ham (Inglaterra) viu a sua proposta de 15 milhões de euros (R$ 33,2 milhões) pelo camisa 11 do time da Vila Belmiro ser rejeitada.

   Além disso, para que o acordo fosse concretizado, o Barça inseriu uma cláusula de titularidade no empréstimo do K-9 ao Santos. Como o centroavante - que aceitou reduzir o seu salário para que a negociação fosse concluída - foi pouco utilizado em suas passagens por Benfica e Fiorentina, os catalães pretendem garantir desta forma que Keirrison tenha uma maior sequência de jogos na Baixada Santista. Caso o Peixe descumpra essa cláusula, terá de pagar uma multa aos espanhóis.

   Na Vila, o jogador irá reencontrar o técnico Dorival Júnior, com quem trabalhou em 2008, no Coritiba. Sob as orientações de Dorival, o atacante viveu um dos melhores momentos de sua carreira, despontando para o futebol nacional, como artilheiro do Brasileirão 2008. Naquela ocasião, o K-9 fez 21 gols e dividiu o posto de goleador máximo do país naquele ano, ao lado de Washington e Kléber Pereira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua sugestão: